domingo, 5 de dezembro de 2004

Scarface

Os altos senadores do pequeno rectângulo à beira-mar plantado estão de olhos postos no exemplo ucraniano. Sampaio, Cavaco, Freitas do Amaral, Miguel Veiga, Guterres entre outros notáveis dinossauros, últimos exemplares de uma espécie cada vez mais ameaçada, a dos Politicus Feyosus, reuniram-se em mesa redonda para debruçarem-se o “case study” ucraniano.
Na Ucrânia pelos vistos os governantes, detentores do poder viram à distância o perigo eleitoral representado por políticos de bom aspecto físico. O “look” dum político é cada vez mais uma arma para angariar votos. Muitos políticos nossos conhecidos vivem da imagem. Mais ou menos competentes( em geral menos) nenhum dispensa uma pelezinha de bebé, um gelzinho no cabelito, uma gravata a condizer etc…Pensando no bem dos eleitores ucranianos, inocentes e confusos, divididos entre um candidato robusto e competente de perfil Soviético e um candidato Ocidental de aparência jovial e moderna, os competentes serviços secretos ucranianos trataram de envenenar o segundo. Como podem comprovar pelas fotos, o coitado do homem desenvolveu uma doença de pele, algures entre a peste bubónica e o acne depois 50 (consultar A Visão desta semana para mais e mais sérios pormenores).
Resta-nos imaginar o que acontecerá a alguns dos nossos políticos mais conhecidos agora que os serviços secretos portugueses acordaram para o caso. Cavaco deu o mote “è chegado o tempo dos políticos competentes expulsarem os políticos incompetentes”. Na verdade Cavaco queria dizer “é chegado o tempo dos políticos feios que nem uns bodes expulsem os políticos bonitinhos”. Será que veremos Santana Lopes com sarampo? Sócrates com vitíligo? Paulo Portas com dentes de heroinómano?


Iutenchenko no início da campanha



Yanukovych, candidato do governo à esquerda, e Iutchenko candidato da oposição à direita (ja na fase Cara de Superfície Lunar).

3 comentários:

nuno disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
nuno disse...

há falta de veneno, podemos ir-lhes às fuças com sticks de hoquei.

so disse...

provavelmente as bochechas do Mário Soares também resultam de um envenenamento. Ou de uma alergia. Às tantas é alérgico ao próprio filho...

de qualquer maneira, e fora de brincadeiras, se fosse ucraniana votava nele, com toda a certeza, e também me tinha mantido na rua até aceitarem repetir a segunda volta das eleições. E também não ia querer que a russia desse as cartas no meu país.